Evidencia-se através de um quadro de sonolência diurna excessiva com uma tendência fora de controle de se cair no sono, muitas vezes em momentos inapropriados. O estresse é um grande fator desencadeante do quadro e a sonolência não costuma ser aliviada com uma boa quantidade de sono à noite. Também pode ocorrer perda abrupta da força muscular (cataplexia, que leva a quadro semelhante a desmaios, embora a pessoa se mantenha consciente), acordar-se e não conseguir se mexer na cama (paralisa do sono) e alucinações auditivas ou visuais antes de se iniciar o sono ou nos primeiros instantes após se acordar (o sonho continua quando se acorda).

A perda da força muscular pode ser específica a um grupo muscular ou generalizada (neste caso, a pessoa chega a cair no chão). Este quadro pode aparecer repentinamente ou pode-se desenvolver gradualmente. Às vezes a sonolência excessiva pode ser o único sintoma.

O diagnóstico é feito por uma avaliação noturna do sono (polissonografia) complementada com o teste das latências múltiplas do sono no decorrer do dia seguinte ao exame. As pessoas que sofrem de narcolepsia precisam ter cuidado com atividades consideradas perigosas, como dirigir, operar máquinas e cozinhar, pela possibilidade de dormirem à revelia de sua vontade e se acidentarem.

Mais informações no link: www.youtube.com/watch?v=eWKcU3uEsNE

Rua Rogério Arcury, 180
Vergueiro - Sorocaba / SP

CEP 18.030-165

(15) 3411-4460

 

(15) 9 9151 6088 
Clique aqui pelo seu celular e agende agora mesmo Consultas e Exames

 

 

 (15) 9 9791 1170  

Clique aqui pelo seu celular e agende agora mesmo Exame de Polissonografia

 

 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.